Av. T-2, nº 471, Sala 1711, St. Bueno, Edifício Focus Business Center, Goiâni

(62) 3214-1655 | (62) 995729138

Cirurgia Plástica Mamária e Reparadora

Dr. Rafael Tumeh

Saiba mais

Cirurgião Plástico

Dr. Rafael Tumeh

Saiba mais

Cirurgia Plástica, Cirurgia Reparadora e Minimamente Invasivas

Dr. Rafael Tumeh

Saiba mais

Abdominoplastia, mamoplastia, Lipoaspiração, Blefaroplastia, entre outros

Dr. Rafael Tumeh

Saiba mais

Estética

Lipoaspiração, Abdominoplastia,Ritidoplastia, Rinoplastia

Saiba Mais

Reparadora

Reconstrução de Mama, Câncer de Pele, Correção de cicatriz.

Saiba Mais

Cirurgia Plástica Mamária

Mastopexia com Prótese, Mamoplastia de aumento, Mamoplastia de aumento, Ginecomastia, Mamoplastia Redutora

Saiba Mais

Ultimos posts Instagram

Serviços

A reconstrução da mama é conseguida através de várias técnicas de cirurgia plástica que tentam restaurar a mama considerando-se a forma, a aparência e o tamanho após a mastectomia.

Melhore a aparência com a reconstrução da mama

A reconstrução da mama é um procedimento física e emocionalmente gratificante para uma mulher que perdeu a mama devido ao câncer ou a outra situação. Uma nova mama pode melhorar radicalmente sua autoestima, autoconfiança e qualidade de vida. Embora a cirurgia possa lhe dar uma mama relativamente natural, a mama reconstruída nunca será igual a mama que foi removida.

Os resultados são variáveis:

• A mama reconstruída não terá a mesma sensibilidade que a mama que substitui,
• As cicatrizes são visíveis e estarão sempre presentes na mama, seja após a reconstrução ou a mastectomia,
• Algumas técnicas cirúrgicas irão deixar cicatrizes no local doador, geralmente localizadas em áreas menos expostas do corpo, como nas costas, no abdômen ou no glúteo.

Se apenas uma mama é afetada, somente ela pode ser reconstruída. Ademais, redução de mama, pexia ou aumento de mama podem ser recomendados para a mama oposta para melhorar a simetria de ambas as mamas.

Comumente referida como cirurgia de lifting de mama, a mastopexia reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama

Os seios da mulher muitas vezes mudam com o tempo, perdendo sua forma jovem e firmeza. Estas alterações e perda da elasticidade da pele podem ocorrer devido a:

• Gravidez;
• Amamentação;
• Oscilações de peso;
• Envelhecimento;
• Gravidade;
• Hereditariedade.

Às vezes, a aréola torna-se alargada ao longo do tempo, e a mastopexia poderá reduzi-la. O procedimento pode ter um caráter rejuvenescedor, já que o perfil conseguido no pós-operatório é o de uma mama jovem e firme.

A cirurgia não altera, significativamente, o tamanho dos seios ou preenche a parte de cima da mama (colo). Se você quiser ter mamas mais volumosas, considere a cirurgia de aumento. Se desejar seios menores, considere a combinação de elevação da mama e cirurgia de redução.

Também conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de depósitos de gordura, melhorando os contornos do corpo e a proporção.

Apesar de boa saúde e da prática de exercício físico, algumas pessoas podem, ainda, ter um corpo com contornos desproporcionais devido a depósitos de gordura localizada. Estas áreas podem ocorrer devido a características genéticas, à falta de controle do peso ou de atividade física. A lipoaspiração pode ser usada para tratar acúmulos de gordura em várias partes do corpo, incluindo coxas, braços, pescoço, cintura, costas, parte medial do joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e tornozelos. Em alguns casos, a lipoaspiração é realizada isoladamente, em demais casos, ela é usada com procedimentos de cirurgia plástica tais como o facelift, a redução de mama ou a abdominoplastia.

A lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade e não substitui a prática de exercício físico e bons hábitos alimentares. Indivíduos com áreas de gordura no corpo e que se exercitam regularmente são os melhores candidatos a este procedimento.

Se você está incomodado com o excesso de acúmulo de gordura – localizado em qualquer lugar de seu corpo – e não vê resultados positivos com dieta ou prática de exercício físico, a lipoaspiração pode ser indicada para você.

Se você estiver incomodado com sinais de envelhecimento em seu rosto, a cirurgia da face pode ser ideal para você.

Tecnicamente conhecida como ritidoplastia, a cirurgia da face é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço tais como:

• Flacidez no terço médio da face;
• Vincos profundos abaixo das pálpebras inferiores;
• Vincos profundos ao longo do nariz que se estende ao canto da boca;
• Gordura que tenha baixado ou tenha sido deslocada;
• Perda de tônus muscular na face inferior, podendo causar papada;
• Pele frouxa e excesso de depósitos de gordura sob o queixo e a mandíbula.

Sendo uma cirurgia reparadora, o facelift não muda sua aparência e não para o processo de envelhecimento

Home

Especialista em Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. É  Preceptor da Disciplina de Cirurgia Plástia na Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, atuando ainda como colaborador do setor de Deformidade Mamárias, no qual participa de atividades assistenciais, pesquisa e ensino, Atualmente é assistente em reconstrução mamária pelo Instituto Brasileiro de Controle co Câncer (IBCC), Participa ainda do corpo clínico do Hospital Albert Einstein - SP, onde presta serviços em Cirurgia Plástica.

Depoimentos